31 outubro 2013

# Dica de Livro # Dicas

Dica de filme para o Dia das Bruxas, Haloween, Dia do saci... Como vocês quiserem chamar.

"Deixe ela entrar"

Låt den Rätte Komma In
Suécia , 2007 - 110
Drama / Suspense
Direção:
Tomas Alfredson
Roteiro:
John Ajvide Lindqvist
Elenco:
Kåre Hedebrant, Lina Leandersson, Per Ragnar, Henrik Dahl, Karin Bergquist, Peter Carlberg




O dia 31 de agosto é um dia que nunca me chamou atenção, na verdade, tenho uma certa aversão por datas comemorativas... Natal, páscoa e "eteceterasdavida".
Mas como revi recentemente esse filme, resolvi deixar a dica aqui, caso alguém se habilite e queira assistir algo do gênero no dia de hoje. Trata-se de um filme muito bem feito, sem sustos, que na minha opinião é mais aterrorizante na delicada abordagem de suas quentões reais do que sobrenaturais. Atenção não estou falando do remake americano e sim do filme original, sueco. Por se tratar de um filme um pouco antigo e bastante cult, acredito que muita gente já tenha visto... Mas quem não viu, indico de coração.

Um pouco sobre o Filme e o Livro:  
Exibido pela primeira vez no Brasil na 33a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, em 2009, o filme sueco Deixa ela entrar é um fenômeno cult. Conquistou prêmios em mais de quarenta festivais pelo mundo e foi refilmado por Hollywood (Deixe-me entrar é a versão americana, de 2010). Concebida por John Ajvide Lindqvist, a história que deu origem ao filme foi publicada em 2004 na Suécia, onde se tornou best-seller instantâneo, lançada em mais de 30 países, e agora é publicada no Brasil pela Globo Livros.
Trata-se de uma das mais perturbadoras ficções de terror dos últimos tempos. Grande parte de seu impacto se deve à originalidade com que Lindqvist aborda a seara do vampirismo. Vários elementos dessa literatura estão presentes – a começar pelo título, que faz referência à crendice de que vampiros só podem entrar em lugares para os quais são convidados –, porém ambientados no mais cru realismo.
No enredo, Oskar, um garoto de doze anos, vive com a mãe no subúrbio de Estocolmo, na década de 1980. Solitário e alvo de bullying na escola, passa o tempo lendo e colecionando notícias sobre serial killers e planejando se vingar de seus perseguidores. No entanto sua rotina é alterada quando uma garota de doze anos, Eli, se muda para o apartamento ao lado. Uma profunda identificação aproxima o menino a Eli, ao mesmo tempo em que a vizinhança passa a ser assolada por uma onda de mortes misteriosas.
Muito mais que sustos, o livro de Lindqvist desperta os horrores de quem tem de passar da infância para a maturidade em circunstâncias adversas e em um cenário opressivo. Com habilidade, o autor recorre a um registro naturalista, temperado de referências à cultura pop, para desenvolver uma história em que os medos são despertados tanto por elementos sobrenaturais quanto pela realidade concreta.
O autor
John Ajvide Lindqvist nasceu em Blackeberg, subúrbio de Estocolmo, na Suécia, em 1968. Seu primeiro e mais importante livro é Deixa ela entrar (Suécia, 2004). Antes de se tornar autor de romances e contos de terror, trabalhou como roteirista de séries para a TV sueca, como mágico e comediante de stand-up.



Bjos, minhas flores.

3 comentários:

  1. Amiga adorei a dica, vou passar pro meu irmão ele também gosta de filmes assim, bjs, Ana ;).

    ResponderExcluir
  2. Aii, não assisto coisas assim, sou medrosa hehehe

    Beijinhos,
    www.blogsonhosdemenina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Êta! Povo medroso, hahahahaha....

      Eu não tenho paciência/coragem pros filmes de terror americanos... Mas os europeus e asiáticos eu adoro.

      Bjos

      Excluir

Olá, amados! Vamos as regras...
Não tem regras, aqui você fala o que quiser...
Só leia o post ou assista o vídeo antes ;)
Lembrando que eu respondo os comentários, com muito carinho, aqui mesmo no blog, volte para dar uma espiadinha.

Follow Us @soratemplates